Inspetor D.Lucas

Outras publicações de Inspetor D.Lucas

Sou motociclista, sempre fui e não lembro o dia que não tenha andado de moto ou que não tenha pensado nela. Motocicleta é mais que um meio de transporte, é um prazer.

Viajar de moto!

25 de Maio de 2013

|

ENCONTRODEMOTOS.com

Organizar e realizar uma viagem de moto não é fácil, principalmente para iniciantes. Independente da distância, uma viagem longa ou uma viagem de fim de semana, é sempre necessário uma organização sobre o que iremos levar. 

Primeiro temos de acordar o espírito de aventura e deixar que ele tome conta da viagem. Afinal, a viagem se inicia quando decidimos realizar e não apenas quando ligamos a motocicleta e pegamos a estrada. Tudo engloba uma organização e uma preparação. A segurança deve sempre prevalecer.

Estrada é cheia de surpresas por isso, é dever dos pilotos e garupas antever a maioria deles, além do mais, não podemos fechar a capota se chover, não podemos subir os vidros se o frio chegar, portanto se não nos prepararmos para enfrentar esses momentos de forma positiva, tornando-os toleráveis, a viagem se torna cansativa e não vai proporcionar o prazer pretendido. 

Devemos calcular todas as probabilidades e isso não é simples como parece, principalmente quanto nosso porta malas é do tamanho de uma mochila, mas não podemos deixar isso nos desanimar, ao contrário, devemos nos animar, ainda mais a cada item lembrado, a cada preocupação solucionada, é assim que se prepara uma viagem de motocicleta.

Duas perguntas são importantes: O que levar? Como levar? É claro que dar uma olhadinha na previsão do tempo, ajuda e muito. Para colocar estas duas perguntas em prática é preciso mais que paciência, é preciso ser objetivo e ter uma boa dose de desapego a certas coisas. Sempre achamos que levamos pouca coisa, sempre acreditamos estar esquecendo algo essencial. 

O ideal é se desligar da rotina diária. Muitas vezes voltamos de viagens com roupas que nem mesmo usamos e não saíram da mochila, somente ocuparam espaço e aumentaram o peso da bagagem. Eis o resultado da falta de desligamento, e isso pode fazer muita diferença em uma viagem de moto. Para que levar dois casacos? Ou mais de duas calças além da que está usando. É necessário planejar antes de arrumar a bagagem e antes de entrar na estrada.

Para uma mulher este espaço pode ser ainda menor, os homens se contentam em ficar uma semana com uma calça jeans, as mulheres nem sempre. Para elas itens de maquiagem e cabelo são essenciais, e isto deve ser respeitado, já para os homens isso é irrelevante. Este ponto deve ser visto sem machismo, pois a mulher hoje ocupa todos os espaços.

A quantidade de mulheres pilotando suas próprias motos e  viajando nas estradas está aumentando. Precisamos respeitar essas conquistas femininas. Se você vai levar uma garupa, e for uma mulher, a bagagem dela deve ser conversada, detalhada, para que na hora de amarrar as mochilas na moto, ou dividir o alforje, não se inicie ali um problema para a viagem. Se for um amigo, um briefing antes da saída é importante e pode ajudar a solucionar problemas que possam ocorrer no trajeto.

Viajar sempre é muito bom, faz bem, descansa o cérebro. Quando estamos com uma moto na estrada, nosso espírito de aventura aflora, os buracos, a má sinalização e as surpresas se transformam em histórias e os problemas em piadas.

As estradas estão por aí para serem rodadas, mesmo as que têm buracos, por isso aproveitem “mesmo” as dicas. Arrumem suas mochilas. Não importa qual a distância, a aventura, o prazer de pilotar deve ser aproveitado ao máximo. O vento no rosto, a liberdade, a natureza fará parte de você, isto tudo com segurança e com a motocicleta em ótima condições, afinal, segurança nunca é demais.